Otaku Daisuki
Bem vindo ao Otaku Daisuki.
Conecte-se ou faça seu cadastro.

[Ouran High School Host Club] Uma história de Amor]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ouran High School Host Club] Uma história de Amor]

Mensagem por Haru-Chan em Ter Jul 07, 2009 9:50 am

Título da Fanfic: Uma História de Amor
Número do Capítulo: Primeiro, único e último
Categoria: Ouran High School Host Club
Gênero: Romance
Calssificação de idade: Livre


Tamaki
Suou e eu, Fujioka Haruhi éramos dois estudantes do 2º Colegial. Tamaki
Suou um belo jovem de 16 anos, cabelos lindos e loiros, olhos azuis,
com 1,72. Eu uma bela jovem com 16 anos, cabelos curtos e castanhos,
olhos também castanhos porém reluzentes, com 1,60. Nós éramos de
classes econômicas totalmente diferentes. Tamaki um super, hiper, mega,
máster, blaster milionário, que mora em uma mansão giganorme, e eu,
digamos assim, classe média baixa, e moro em um, digamos assim também,
apartamento (Mais apertamento do que apartamento). Duas personalidades
totalmente diferentes, duas vidas totalmente diferentes, porém uma
coisa em comum: O amor. Nós dois tínhamos o sonho de encontrar o nosso
amor verdadeiro, sua alma gêmea, sua metade da laranja.

Em um
belo dia eu estava saindo da minha casa e indo para o meu colégio novo,
que por acaso Tamaki também estudava nele. Estava eu indo
tranquilamente para o portão de entrada do novo colégio, quando eu vejo
uma linda, grande e luxuosa limusine passar ao meu lado com um lindo
garoto loiro de olhos azuis sentado no banco de traz, eu fiquei olhando
atentamente o garoto, e ele também olhava atentamente para mim, nós
ficamos se olhando por um curto longo tempo, até que alguém abre o
portão para a limusine passar.

Eu, não sabia por que, mas sentia
o meu coração bater mais forte depois de ter visto aquele lindo garoto.
Sacudi a cabeça para fugir de meus pensamentos, e entro no colégio para
as minhas primeiras aulas.

O tempo passa, e logo bate o sinal
para o recreio. Eu sai sem nenhuma pressa, pois não estava com fome.
Enquanto passava por um dos corredores daquele enorme colégio, eu vejo
o lindo garoto que havia visto antes naquela limusine e neste momento
senti meu coração bater mais forte de novo. O garoto olha pra mim de
uma forma que nunca havia visto ates, e se levanta da parede que estava
encostado e vai caminhando vagarosamente em direção a mim. Eu não sabia
o que fazer naquele momento. Não sabia se saia correndo ou se ficava
ali parada. Ele foi cada vez mais perto de mim, até que falou com um
belo sorriso no rosto “Olá, meu nome é Tamaki, e o seu?”, eu fiquei
quieta por um tempo, até que respondi “M-meu nome é Haruhi”. Depois
disso, nós ficamos conversando ali até que o recreio acabasse. Não sei
como consegui ficar ali e conversar com ele, tinha vontade de sair
correndo depois de dizer o meu nome, mas algo mais forte me disse para
eu ficar ali parada. O tempo se passou, e depois de uma semana éramos
praticamente melhores amigos.

Em um final de dia, todos estavam
indo embora para suas casas. Só restava no pátio do colégio eu e ele,
que estávamos caminhando até a saída. Um pouco antes de chegarmos ao
portão de saída, ele me segurou meu braço de um modo que não pude
andar, eu olhei para o rosto dele, que estava olhando para meus olhos,
e ele me disse “Eu te amo Haruhi” e selou um beijo em meus lábios, o
meu primeiro beijo. E desde então estamos namorando.

Um pouco
tempo depois de começarmos a namorar, uns três meses, eu queria fazer
uma festa surpresa para Tamaki, pois faltava apenas uma semana para seu
aniversário. E eu estava combinado todos os detalhes, decoração,
convidados, comidas e bebidas, com os gêmeos Hitachiin, Hikaru e Kaoru.
Tamaki não desconfiava de nada desde então. Mas, faltando quatro dias
para seu aniversário, ele me viu conversando, ou melhor, cochichando
com Hikaru sobre alguma coisa. Ele foi caminhando em direção a nós,
pois queria saber do que se tratava o assunto, mas logicamente nós
disfarçamos quando ele chegou perto de mais. Ele ficou desconfiado.
Todos os dias ele me via cochichando com um dos gêmeos e ficava
pensando se eu não estava traindo ele. Chegando o dia do seu
aniversário, eu fui chamar ele na sala de música, que quando cheguei
perto dele, gritou “Já estou cansado de ver você com os gêmeos de
casinho um com outro! Esta tudo terminado Haruhi! Vá embora daqui!”. Eu
arregalei os olhos e tentei explicar que não tinha caso nenhum com os
gêmeos, mas ele não quis me ouvir. Então sai da sala de música com
lagrimas em meus olhos. Fiquei parada na porta da sala. Não conseguia
ir pra frente e nem para trás, só conseguia ficar ali parada sem fazer
nada. Virei meu rosto para traz e vi que ele olhava para mim e veio
caminhando em direção a mim e disse “Por quê? Por que você me traiu?” e
eu disse “Eu não te trai, eu só estava planejando uma festa surpresa
para você. Você ficou tão obcecado pensando que eu tinha um caso com os
gêmeos que esqueceu que hoje é seu aniversário.” Ele arregalou um pouco
os olhos e pediu perdão para mim e me deu um beijo. Então ele aprendeu
a nunca mais desconfiar de mim.

Entre muitas brigas, também
tivemos momentos muito felizes. Como em uma vez que fomos à praia que
ele frequenta nas férias de verão. Era enorme o mar, nunca tinha ido a
uma praia antes, fiquei encantada ao ver aquele mar com aquelas águas
cristalinas e a areia banquinha. Queria ir nadar, mas eu não fui, pois
não sabia nadar. Ele me falou para não ter medo que ele ficaria sempre
do meu lado para me proteger dos perigos do mar. Eu dei um sorriso e
fui a beira do mar, ainda não estava decidida se ia ou não, mas ele deu
um sorriso que de alguma forma me encorajou a ir. Então fui entrando
devagar naquela água azul marinho. Fui sentido a água bater em meus
quadris, e cada vez subindo mais até chegar em meus ombros. Confesso
que fiquei com um pouco de medo, mas quando olhava para Tamaki todo
esse medo que sentia sumia totalmente na hora. Ele me deu um beijo para
que me sentisse mais segura, e funcionou. Porque agora não sentia mais
medo das ondas, dos bichos aquáticos. Eu apenas ficava sentido a água
me levando de um lado para o outro. Era uma sensação muito gostosa,
pois além de estar em um lugar lindo como o mar, eu estava ao lado de
meu amado Tamaki. Este dia foi muito especial para mim, pois fazia
exatamente três anos que estávamos namorando, e ele me pedira em
casamento no meio do mar. Eu, sem saber o que fazer, fiquei quieta em
silencio por alguns segundo, que pareciam uma eternidade para ele.
Então, depois de um minuto, eu dei um sorriso e disse “Sim” e dei um
beijo nele. Depois desse dia, nós nos casamos dentre dois anos. Hoje
faz cinco anos de que estamos casados e já temos dois filhos. Um menino
de dois anos que se chama Yamato e uma linda menina de apenas quatro
meses que se chama Sora.

FIM
avatar
Haru-Chan
Otaku aprendiz
Otaku aprendiz

Feminino
Respeito às regras :
100 / 100100 / 100

País de Origem :
Localização : Pirassununga - SP
Número de Mensagens : 3
Idade : 22
円 (Yen) : 6066
Data de inscrição : 07/07/2009

http://gabrielas2.animespirit.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum